Justiça dá prazo para Vasco convocar Conselho e declarar Brant vencedor

Não é a primeira vez que a gestão Eurico Miranda no Vasco barra este LANCE! indo contra a liberdade de imprensa

Não é a primeira vez que a gestão Eurico Miranda no Vasco barra este LANCE! indo contra a liberdade de imprensa

Apesar de ter conseguido uma importante vaga na Conmebol Libertadores de 2018, o Vasco terminou 2017 em crise.

"As eleições devem ser realizadas, segundo o Estatuto, no período de 15 a 22 de janeiro, sendo que o Presidente do Conselho Deliberativo deverá convocar o Conselho, observando o prazo previsto no artigo 78 do Estatuto". Assim, a vitória passaria a ser novamente da chapa 'Reconstruindo o Vasco', de Eurico Miranda. Caso a ordem seja descumprida, cada um pagará uma multa de R$ 65 mil. Contou que recebeu denúncias de roubos em São Januário e cobrou ética do atual presidente Eurico Miranda por conta das negociações feitas com patrocinadores e também sobre as saídas de atletas.

Considerado, atualmente, o vencedor da eleição direta pela Justiça, o candidato Julio Brant ameaçou processar a pessoa física caso não se cumpra o rito. Já prejudicaram demais o clube. O clube ainda não marcou uma data para o evento na Sede Náutica da Lagoa que, de acordo com o estatuto, precisa acontecer na semana que vem. Vou me certificar disso - declarou Julio Brant ao LANCE!

Com a decisão da Justiça de anular os votos da urna 7 da eleição, a chapa de Julio Brant tem o direito de levar 120 nomes para o Conselho, enquanto a chapa de Eurico Miranda terá 30 cadeiras. Os 150 eleitos se juntam a 150 natos, totalizando os 300 aptos a votar.

A ação pode ser uma estratégia, já que agora o atual mandatário aposta todas as fichas na anulação da eleição dos sócios.

Notícias recomendadas

We are pleased to provide this opportunity to share information, experiences and observations about what's in the news.
Some of the comments may be reprinted elsewhere in the site or in the newspaper.
Thank you for taking the time to offer your thoughts.