Prefeito Aurélio Sá assina convenio do programa Internet para Todos em Brasília

Piauí terá programa nacional 'Internet Para Todos'

Piauí terá programa nacional 'Internet Para Todos'

O governador Geraldo Alckmin esteve em Brasília nesta segunda-feira (12) onde acompanhou o presidente Michel Temer e o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, na cerimônia dos termo de adesão ao programa Internet para Todos, do Governo Federal.

A intenção é democratizar o acesso à informação e aos serviços públicos disponíveis online nos dias de hoje. Cerca de 40 mil localidades devem ser beneficiadas pelo programa em todo o país. O MCTIC informou que 2,7 mil prefeituras estão aptas a assinar os contratos. Kassab acrescentou que a contrapartida das prefeituras beneficiadas será com a manutenção e a segurança das antenas que serão instaladas, um custo baixo em comparação ao potencial do programa. Na cerimônia, os prefeitos presentes assinaram o termo de adesão que define a infraestrutura básica e as condições para a participação no programa. "Eles estão aqui, pessoalmente, neste momento para assinar esse contrato, o que vai permitir utilizar o nosso satélite da melhor maneira possível", disse o ministro ao se referir ao Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC), que é operado pela Telebras. Os satélites geoestacionários que distribuirão o sinal têm uma vida útil de 18 anos, ou seja, será o "prazo de validade" do programa.

O crédito especial foi aberto em favor dos ministérios da Educação, da Saúde e do Desenvolvimento Social.

De acordo com Temer, este recurso reforça o compromisso do Governo Federal com o pacto federativo e das demandas prioritárias da sociedade. O presidente acenou com os recursos a fim de auxiliar as prefeituras que estão em dificuldades financeiras.

Segundo o MCTIC, o Internet para Todos tem o objetivo de levar banda larga a regiões e municípios sem acesso ou com acesso precário à internet.

Como o Internet para Todos vai funcionar? Além de Araçatuba, 540 municípios serão contemplados neste primeiro lote.

Municípios beneficiados na primeira etapa: Anadia, Atalaia, Barra de Santo Antônio, Barra de São Miguel, Batalha, Belém, Cacimbinhas, Campo Alegre, Campo Grande, Carneiros, Coité do Nóia, Colônia Leopoldina, Coruripe, Craíbas, Dois Riachos, Flexeiras, Ibateguara, Igreja Nova, Inhapi, Jacaré dos Homens, Japaratiga, Jequiá da Praia, Joaquim Gomes, Jundiá, Junqueiro, Major Isidoro, Maragogi, Maravilha, Marechal Deodoro, Mata Grande, Matriz de Camaragibe, Minador do Negrão, Novo Lino, Olho d'Água das Flores, Olho d'Água Grande, Oliveira, Palmeira dos Índios, Pão de Açúcar, Piaçabuçu, Pilar, Poço das Trincheiras, Porto de Pedras, Porto Real do Colégio, Quebrangulo, Rio Largo, Santana do Ipanema, Santana do Mundaú, São Brás, São José da Laje, São José da Tapera, São Miguel dos Campos, São Sebastião, Senador Rui Palmeira, Tanque d'Arca, Taquarana, Teotônio Vilela e Viçosa. Porém, o programa não oferecerá conexão gratuita para os moradores dessas localidades, mas ofertará conexão a preços reduzidos. A partir desse ofício, o ministério vai enviar aos municípios login e senha para preencher um formulário de termo de adesão, que deverá ter a indicação das localidades para atendimento.

Qual será a contrapartida do município?

Notícias recomendadas

We are pleased to provide this opportunity to share information, experiences and observations about what's in the news.
Some of the comments may be reprinted elsewhere in the site or in the newspaper.
Thank you for taking the time to offer your thoughts.