EUA acusa Rússia de ciberataque no setor energético e impõem sanções

Donald Trump e Vladimir Putin

Donald Trump e Vladimir Putin

O Governo dos Estados Unidos está a impor sanções a 19 russos por alegadas interferências nas eleições de 2016, incluindo 13 pessoas indiciadas pelo procurador especial, Robert Mueller.

Esta decisão foi tomada pouco depois dos chefes de Governo do Reino Unido, dos Estados Unidos, da Alemanha e da França condenarem de maneira conjunta o envenenamento do ex-espião Sergey Skripal em Salisbury, no sul da Inglaterra, e responsabilizarem a Rússia pelo ataque. Mnuchin não detalhou o calendário de aplicação do pacote de sanções, mas adiantou que estas vão cortar o acesso ao sistema financeiro dos Estados Unidos.

Uma das organizações afetadas pelas novas sanções, segundo explica a CNN, é a Agência para a Pesquisa na Internet - a chamada "fábrica de trolls russos".

Yevgeniy Viktorovich Prigozhin, patrocinador da Internet Research Agency ligado ao presidente russo Vladimir Putin, foi penalizado.

"A administração está confrontando e combatendo atividades cibernéticas malignas da Rússia, incluindo a tentativa de interferência nas eleições americanas, ciberataques destrutivos e intrusões que têm como alvo infraestrutura crítica", informou o secretário de Tesouro, Steve Mnuchin, em comunicado.

Na lista destes ataques incluem-se os causados pelo NotPetya, um ransomware (um programa informático malicioso que encripta a informação que está nos computadores e exige um resgate para que volte ao normal).

Além disso, o Serviço Federal de Segurança e o Departamento Central de Inteligência russos, que já haviam sido sancionados pelos EUA, foram incluídos em uma lista adicional na sequência do novo "Ato de Combater o Acidente de Medidas de Sanções" (CAATSA, sigla em inglês). "Estamos começando a preparar medidas de resposta", afirmou Ryabkov à agência Interfax.

Notícias recomendadas

We are pleased to provide this opportunity to share information, experiences and observations about what's in the news.
Some of the comments may be reprinted elsewhere in the site or in the newspaper.
Thank you for taking the time to offer your thoughts.