Beyoncé esteve imparável em Coachella. E as reações não param de chegar

Fernanda Paes Leme

Fernanda Paes Leme

Na noite do último sábado (14/4), Beyoncé fez um show (e que show!) no Coachella 2018. A prova disso foi que, nas redes sociais, os fãs começaram a referir-se ao evento de música como Beychella - no Twitter, a hashtag foi utilizada por milhares de pessoas.

"Temos mulheres solteiras aqui?", gritou Beyoncé segundos antes de atacar com Single Ladies e fechar seu show de quase duas horas com fogos de artifícios ao som de Love on Top. O show foi dividido em três partes com mais de 90 dançarinos, figurinos variados, uma banda incrível além de coleção de hits.

Os vários figuros de Bey também chamaram atenção. Beyoncé adora o número quatro.

Beyoncé voltou aos palcos depois de um ano em licença-maternidade. O empoderamento feminino também esteve em foco, com citação à escritora feminista nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie e a homenagem a cantora Nina Simone, uma das maiores divas da história da música e ativista dos direitos civis dos negros norte-americanos.

O marido, Jay-Z, entrou em cena para juntos interpretarem 'Deja Vu', uma das muitas músicas que têm em conjunto. Beyoncé contou com seu marido Jay-Z como convidado e também se reencontrou com suas ex-parceiras do Destiny's Child.

Junto com Beyoncé, Kelly Rowland e Michelle Williams cantaram hits de sucesso "Lose My Breath", "Soldier", e uma versão estendida do hit "Say My Name".

Notícias recomendadas

We are pleased to provide this opportunity to share information, experiences and observations about what's in the news.
Some of the comments may be reprinted elsewhere in the site or in the newspaper.
Thank you for taking the time to offer your thoughts.