Sporting alvo de buscas da Judiciária

Próximo artigo						 Artigo anterior					
	Pin	 André Geraldes detido pela PJ. Captura							Whatsapp			Twitter			Facebook			Comentários 0

Próximo artigo Artigo anterior Pin André Geraldes detido pela PJ. Captura Whatsapp Twitter Facebook Comentários 0

Quatro pessoas foram detidas no âmbito da investigação a suspeitas de corrupção no andebol do Sporting, incluindo o antigo responsável pelas modalidades e atual diretor do futebol de Alvalade, André Geraldes. Apesar de não terem sido revelados os nomes, a imprensa tem avançado com o nome de André Geraldes, diretor para o futebol do Sporting, como um dos detidos.

Em tribunal, Paulo Silva confessou ter corrompido ou tentado corromper jogadores adversários em oito jogos de futebol do Sporting, referentes à temporada que agora terminou. Confirmou tudo que tinha dito nos anteriores interrogatórios. Nas mensagens escritas (também através de WhatsApp) constam instruções de pagamentos, de encontros com árbitros e com jogadores de futebol. Os valores de pagos poderão ter atingido 12 500 euros. Paulo Silva foi detido por alegadamente estar envolvido no esquema. Estarão a ser investigados jogos do Sporting frente ao Guimarães, Feirense, Chaves, Tondela, Aves e Estoril.

Refira-se ainda que André Geraldes não prestou qualquer declarações aos jornalistas.

A Federação de Andebol de Portugal (FAP) também anunciou que ia denunciar ao Ministério Público a alegada corrupção a equipas de arbitragem por parte do Sporting, remetendo ainda o processo para o Conselho de Disciplina (CD). Os indícios de corrupção relativos a jogos do Campeonato Nacional de Andebol com o objetivo de favorecer o Sporting (o clube vencedor da competição) são encarados pelos investigadores como sendo mais robustas.

Em causa está, segundo noticiou ontem o Correio da Manhã, um esquema passaria pela alegada compra de equipas de arbitragem, quer para os leões ganharem, quer para o Futebol Clube do Porto, com o qual disputaram o campeonato até ao fim, perder e abrangeu a época de 2016/17, ganha pelo Sporting.

O perfil do LinkedIn de Gonçalo Rodrigues, feito pelo próprio, diz que trabalha no clube há dois anos e um mês. Ou seja, não é necessário que o alegado ato de favorecimento tenha sido executado.

Notícias recomendadas

We are pleased to provide this opportunity to share information, experiences and observations about what's in the news.
Some of the comments may be reprinted elsewhere in the site or in the newspaper.
Thank you for taking the time to offer your thoughts.